Dica: Tratar acúmulo de cartões

Olá, pessoal!

Hoje darei dicas para quem está com muitos cards acumulados ou que inevitavelmente sempre estará com cards acumulados.

Na área de concurso, os cards costumam ser mais complexos que na área de idioma. O mesmo para quem faz vestibular ou usa o Anki na faculdade. Com isso, acaba que as revisões sempre ficam com pendências que se acumulam dia após dia, gerando um desgaste no estudante por nunca terminar a demanda.

Encare essa demanda como algo inevitável, ela sempre estará lá. Cards acumulados é um problema comum.

Eu, por exemplo, tenho uma média de 120 cartões resolvidos por dia, enquanto o retorno para revisão fica em torno do mesmo valor – tornando inviável manter uma taxa de resolução que zere todos os dias os cards.

Há dias que a gente faz bastante, porém, devemos ser realistas e considerar a janela dentro da nossa rotina com o Anki.

Esse artigo não é um tutorial com dicas taxativas, mas uma forma de dar ideias para o escape nas revisões diárias, para que você não desista do Anki como a maioria faz – “por não dar conta” – mas quem disse que precisamos ser perfeitos? Basta seguir o fluxo.

Decks filtrados

Uma ótima forma de deixar o estudo em dia e mantendo a fila do Anki, é criando baralhos filtrados.

O filtro para um deck de revisões seria

deck:”Seu deck” Is:due

Atrasos Relativo

Segundo a ajuda do Anki, Atrasos relativos – “são cartões que estão mais atrasados ​​em relação ao seu intervalo atual (…) por exemplo, um cartão com um intervalo atual de 5 dias vencido por 2 dias é exibido antes de um cartão com um intervalo atual de 5 anos vencido por uma semana). Isso é útil se você tem uma grande lista de pendências que pode levar algum tempo para ser processada e deseja revisar primeiro os cartões que você mais corre o risco de esquecer.

Utilizando essa ferramenta, você pode estabelecer um mínimo diário, e com isso, o filtro irá trazer os cards que estão em mais atraso ou que estão sendo “esquecidos” de acordo com o algoritmo do Anki.

A importância de filtrar atrasados

Quando estudamos um deck, o Anki cria um ciclo de erros dentro dessa revisão. Por exemplo, temos 200 cards em revisão, ao errar um card dentro desse meio, ele entra na fila dessa mesma revisão.

Filtrar um deck com menos cards, 40, por exemplo, faz com que tenhamos mais atenção no que estamos revisando, e assim finalizamos esses 40 no mesmo momento que começamos. Pois ao errar o 37º card, você torna a revisá-lo em menos de 10 minutos até acertar todos eles e terminar o deck em revisão.

Quando revisamos 200 cartões sem a intenção de terminar esse deck no mesmo dia, pode acontecer que cartões respondidos errados durante a revisão, fique no final da fila, e como a revisão não será completa, esse cartão só retornará no dia seguinte – e assim há grandes chances de um novo erro, pois o aprendizado de curtíssimo prazo não foi feito na revisão – e o contexto dele será esquecido, aumentando as chances de se errar novamente.

O resultado disso será uma fila de cartões que sempre são respondidos errados e retornam no dia seguinte parcialmente esquecidos para que sejam novamente respondidos com equívoco.

Suspenda a entrada de “Novos”

Tapar o buraco também é uma ótima forma de deixar a revisão mais em dia. Como o card “Novo” não é cumulativo e é estático, podemos simplesmente zerar a entrada de novos até que a revisão fique em dia de acordo com o nosso critério.

Observe os Sanguessugas

Cards Sanguessugas são aqueles os quais você errou bastante. Deixando essa opção marcada ou não no Anki, podemos perceber que alguns cards sempre voltam e acaba nos desanimando e pesando a revisão.

Desta forma, utilizando os filtros do Painel, você pode escolher critérios para marcar esses cards e resolvê-los separadamente – buscando consertar os prolixos, esquematizar melhor os difíceis, enfim.

Filtro dos sanguessugas:

tag:leech

Fique tranquilo!

Não desista do Anki. Cards vão se acumulando, mas de grão em grão a galinha enche a pança. Resolva o que der no dia, conheça e aceite seus limites; utilize as 20 regras. Tenho certeza que você tirará proveito desse ótimo software.

Guilherme Costa
Últimos posts por Guilherme Costa (exibir todos)
Comments
  1. Cairo

Leave a Reply